09/02/2018 | 21h34m

Ex-presidente condenado

Fachin nega pedido de habeas corpus de Lula e envia caso ao plenário do STF

Decisão de pautar o caso caberá à presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia

Em nota, assinada pelo advogado Cristiano Zanin Martins, a defesa do ex-presidente afirma que a decisão do ministro Fachin "dará ao Plenário do Supremo Tribunal Federal a oportunidade de aplicar a Constituição Federal, especialmente no que se refere à garantia da presunção de inocência até decisão final da qual não caiba mais recurso". O advogado diz ainda esperar que a ação "seja pautada o mais breve possível".